Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Doces Visitantes.


Tradutor.

sábado, 4 de junho de 2011

Inverno:cuide das unhas








Eles não sofrem apenas nos meses de calor, quando ficam expostos em sandálias abertas. No inverno, os pés também exigem cuidado. Com botas e sapatos fechados, surgem unhas encravadas, calos, joanetes e micoses. Segundo o podólogo Alessandro Guerra, a transpiração dos pés torna-se ainda mais intensa durante o frio.

"Por ser um ambiente sem ventilação, a umidade alia-se à temperatura e à escuridão do local, facilitando a proliferação dos fungos" — explica. Para evitar micoses, por exemplo, o ideal é fazer a limpeza com um podólogo e usar loções e cremes específicos. Em casos extremos, quando há necessidade de extração total ou parcial da unha, pode-se também fazer uma reconstituição.

"O processo é simples e consiste apenas na remoção da parte deteriorada, que é substituída por uma órtese em acrílico" — afirma Alessandro, lembrando que este serviço requer um acompanhamento de um médico dermatologista, habilitado para receitar medicamentos.

Outro problema muito comum no inverno é a unha encravada, causada pelo corte inadequado. Existem aparelhos fabricados em fibra molecular, órtese metálica ou órtese elastodôntica, que corrigem a curvatura da unha e auxiliam no seu crescimento correto. O tratamento dura de três a quatro meses.

No frio, os calos também costumam incomodar mais. Duros, sensíveis ao toque e arredondados, eles se desenvolvem nas saliências ósseas da parte de cima dos dedos, dando ao pé um aspecto descuidado. Nesses casos, é importante que as pessoas procurem atendimento especializado e evitem fazer uso de calicidas, que podem causar sérias inflamações.

Confira algumas dicas:

  • Lave e seque muito bem os pés depois do banho para prevenir o surgimento de frieiras.
  • Nunca fique descalço em banheiros públicos.
  • Evite o uso de sapatos apertados.
  • Experimente sapatos no fim da tarde — os pés costumam inchar ao longo do dia.
  • Use meias de algodão.
  • Lixe as calosidades pelo menos uma vez por semana. Não corte.
  • Prefira que um podólogo execute o corte de suas unhas, que não podem ser aparadas muito rentes. — Use hidratante próprio para os pés diariamente, massageando as áreas com mais calosidades.
  • Se a pele estiver muito seca, passe hidratante e coloque meias para dormir.
  • Deixe as unhas sem esmalte pelo menos uma vez por semana para evitar o ataque dos fungos.
  • Se você ficou muito tempo em pé ou caminhou demais, faça uma massagem com óleo ou creme específico para a região e deite com os pés mais elevados, apoiados sobre um travesseiro ou almofada.
  • Procure andar descalço sempre que possível.
  • Role uma bola de tênis sob os pés para aliviar a dor das arcadas.
  • http://cipaunivali.blogspot.com

0 comentários: